Terça-feira
12 de Novembro de 2019 - 

Associados vão lançar obras jurídicas em noite de coquetel e de autógrafos na AESMP

Os associados Rodrigo Monteiro e Gustavo Senna lançam, em evento que será realizado na Sede Administrativa da Associação Espírito-Santense do Ministério Público (AESMP), os livros "Improbidade Administrativa – Doutrina e Jurisprudência para Utilização Profissional” e "Combate à má governança e à corrupção: uma questão de direitos fundamentais e de direitos humanos”.   O lançamento das duas obras será a partir das 19 horas do dia de 2 agosto, numa sexta-feira. Os autores ficarão à disposição dos presentes para um coquetel e noite de autógrafos até as 21h30.    O Promotor de Justiça Rodrigo Monteiro escreveu seu livro em parceria com Procurador do Estado Anderson Sant’Ana Pedra. O livro "Improbidade Administrativa – Doutrina e Jurisprudência para Utilização Profissional”, segundo os autores, tem o intuito de suprir uma carência do mercado e voltado, sobretudo, para os profissionais do Direito.   "Encontramos muitas obras voltadas para estudantes, para quem vai buscar aprendizado para participar de concursos públicos. Esta obra é voltada para quem opera o Direito, como advogados, Promotores de Justiça, magistrados, assessores do Judiciário e do Ministério Público Brasileiro, Procuradores de Contas. É um livro para pessoas que lidam no dia a dia com a questão de improbidade administrativa. A obra é bem detalhada, pois apresenta uma análise doutrinária específica da Lei de improbidade administrativa, com foco na jurisprudência mais atualizada do Superior Tribunal de Justiça”, disse Rodrigo Monteiro.   "É uma obra construída a quatro mãos com o objetivo de atender essa demanda do mercado profissional, que hoje está um pouco carente sem esse suporte jurídico e jurisprudencial. Logo, é um livro completo que traz tudo que um profissional do Direito precisa saber para lidar no dia a dia com a questão da improbidade”, completou o associado.     Já o livro "Combate à má governança e à corrupção : uma questão de direitos fundamentais e direitos humanos”, do Promotor de Justiça Gustavo Senna, aborda a questão da corrupção na gestão pública.   De acordo com o prefácio, "na atualidade muitos são os cenários a revelar em terras brasileiras condutas arcaicas que caracterizam situação de verdadeiro desgoverno e má gestão”.   Cita que, "ao invés de uma administração de resultados, o que é notado é uma espécie de administrador negativo, no qual não se deposita mais confiança, muito pelo fato de se constatar uma absoluta deficiência dos gestores em relação às políticas públicas tão fundamentais para os objetivos estratégicos do Estado Democrático de Direito”.
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  25105